domingo, 31 de outubro de 2010

A festa da TERRA em Torino - Italia


Por motivos de trabalho, eu andava por Itália e soube de uma reunião que se organiza cada dois anos em Torino pela associação mundial SLOW FOOD. E que coincidência que umas semanas antes de partir para essas belas terras, tinha me associado a este grupo. Na verdade foi uma experiência maravilhosa, apesar de ter estado somente no último dia...valeu a pena.

O Slow food é uma associação que se dedica a proteger os alimentos de qualidade e os métodos de cultivo e transformação tradicional e sustentável, assim como a defender a biodiversidade das variedades cultivadas e silvestres. Ele defende as diferenças culturais territoriais e regionais, intimamente ligadas a herança alimentaria e revaloriza a historia e cultura de cada grupo social, para que possam existir redes de intercâmbio recíproca equilibradas. Em resumo, defende que os alimentos sejam de qualidade e devem ser: BOM, LIMPO E JUSTO.


Gosto muito desses ideais, que pouco a pouco estão se tornando realidade, e um dos momentos onde observei esta visão foi na feria de Torino.

Estive presente no Salone del gusto ttp://www.salonedelgusto.com/pagine/eng/info.lasso, onde realmente foi uma festa única de culinária de todas as regiões da Itália incluindo outros países do mundo e também tive a bênção de estar presente na reunião da terra madre como observadora http://terramadre.slowfoodbrasil.com/.

Bom, vou comentar um pouco dessa aventura na terra madre...magica, única, sensacional. Vou resumir tudo em algumas palavras:

VIDA - TERRA - POESIA - AMIZADE - FAMÍLIA - UNIÃO - CULTURA - APRENDIZAGEM

Essas palavras expressam o que eu observei lá...gente de todas as raças, línguas, costumes, culturas, todas com uma só finalidade...de se ajudar entre todos para sair adiante sem prejudicar nossa mãe terra, ao contrario, tentando ajudar da melhor maneira a fabricar o alimento de forma sustentável e inteligente, ou seja, de qualidade e sem químicos nem agro tóxicos.




Realmente foi uma festa. Quero compartir alguns links que achei super interessantes e mostrar que nem tudo esta perdido...parece que sim...mais tem muita gente trabalhando por trás das grandes indústrias, e ainda existe a esperança de ver nossa amada terra sorrindo de novo. E nós com ela :o)

http://www.iuhpe.org/ - projeto Food 4 mind food 4 health
http://www.youthfoodmovement.org/?p=150
http://www.international3c.org/breadmovement.html - The bread movement network, na bulgaria, convidam as pessoas a fazer pão em conjunto, entre amigos. Fazer pão é magico.

Puseram muito ênfase na reeducação alimentar com projectos desde as escolas com a finalidade de produzir os seus próprios alimentos e de dar maior importância ao consumo da agricultura regional em vez de consumir alimentos que vem de países de fora. Países vizinhos como Chile com projectos "Comer mejor" e Argentina "Educar para la vida" deram importância ao alimento como parte de nós e também a reeducação alimentar nas escolas, universidades e lugares de trabalho.
Na África os agricultores querem trabalhar com uma proposta mais limpa e livre de químicos e na Colombia já se fala de Zonas de Reserva Alimentaria.



Quero encerrar com algumas palavras importantes que vários jovens e agricultores do mundo inteiro comunicaram:




VAMOS ABRIR OS OLHOS: PARE - REFLICTA E FOCALIZE ,
A TERRA PRECISA DE NOS trabalhando juntos com AMOR E DEDICAÇÃO.

Namastê

FE DE ERRATAS

Vou fazer uma breve explicação de porque estou postando este tema, e é que me fizeram alguns comentários, que na verdade tenho muito erros ortográficos, mais tudo tem uma explicação. Eu sou peruana, e moro em Brasil faz 3 anos..e estou fazendo o melhor esforço por escrever de forma correta o português, assim que se vem algum erro gramatical, por favor, me avisem que imediatamente irei corrigir. Muito obrigada pela compreensão :o) Namastê