sábado, 29 de janeiro de 2011

Quem diz que o pão integral de forma é saudavel? Parte 1

São as 5 da manhã..me preparando para sair ao trabalho..vejo na mesa um pacote de pão integral de forma, desses que vem pronto e muitas vezes duram até 10 dias "fresquinho", pego duas fatias, colocou manteiga ou uma fatia de queijo, e tomo com um copo de leite.


Ali eu ficou pensando...na verdade, estarei me nutrindo com este pão ou só o estou consumindo para matar a fome? que vida e nutrição pode me dar este pão que está guardado na embalagem plástica há mais de 6 dias...


Nestes dias, o pão de forma embalado com plástico se transformou em um produto a mais na estante do super mercado.....um alimento morto..sem vida...tratado como um brinquedo que joga no carrinho do super mercado e leva junto com pacotes de bolacha, guardanapo e produtos de limpeza.


Antigamente, o pão era um produto básico na alimentação, e muitas vezes sagrado, sendo preparado a partir do grão moído, agua e fermento..uma fermentação que levava varias horas e por métodos realmente naturais.


A textura do pão era dura...e claro... precisava de mais mastigação. Esta mastigação é de suma importância já que me traz a CONSCIÊNCIA que realmente estou processando a comida para logo ser engolida e digerida no meu estômago. Esta mastigação tão necessária está se perdendo nos últimos anos...veja-se nas sobremesas,na comida refinada, nos "pães", e até na carne....então..o corpo está perdendo a CONSCIÊNCIA que está mastigando o alimento para logo ser processado e começar a etapa de nutrição.. lembrando que a mastigação também e importante porque nesse momento as glandulas salivares na boca libera enzimas muito importantes para a digestão da comida...onde em caso de não ser assim, o alimento em vez de nutrir e dar satisfação ao corpo e alma, trará desconforto com inchaço no estômago, gases e má estar, fruto de uma má mastigação e indigestão...


Mais não e só com a mastigação que vamos resolver este mau que atinge muita gente..senão também na forma de preparo do pão integral..onde o pessoal da Industria adiciona muitos ingredientes para que o crescimento seja rápido e o rendimento cada vez maior, fazendo com que os compostos do pão não sejam totalmente processados...já que não tem o tempo de preparo de forma natural onde as enzimas no processo de fermentação quebrem as moléculas de proteínas e carboidratos e logo seja facilmente digerível por nós...


Em fim...não quero me estender..mais sim deixar claro, que esse pão realmente não é pão...se precisar comer ele, fique bem atento ao que está comendo...se não tem outra opção, tente torrar um pouquinho para dar uma textura mais crocante e incluir um pouco de energia por meio do calor.


Na segunda parte, estarei falando um pouquinho da historia do pão e do querido pãozinho francês que todo mundo gosta e de algumas receitas praticas para fazer em casa também..já que não adianta nada falar e falar e não dar soluções...

Que tenham um bom café da manhã!

Namaste!

3 comentários:

  1. Hum, boa!
    Ultimamente tenho feito um esforço pra arranjar tempo e sovar meu próprio pão.
    Aí sei que foi feito com farinha de qualidade, no tempo certo e com amor.
    Aguardo ansiosamente a continuação do assunto!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eugenia Balanta,
    Oi, vin e a morar a Salvador ba, depois de trabahliar no USA por 30 anos como ENFERMERA FORMADA,y agora tehno uma compania do PAO INTEGRAL 100% ISENTOS DE ADITIVOS QUIMICOS E ARTIFICIAIS,NOA CONTEM GORDURAS E CLESTEROL ,NOA CONTEN PRODUTO ANIMAL,FEITOS COM SEMENTES.
    continuen informando .....ABS

    ResponderExcluir
  3. Olá Eugenia, obrigada pelo seu comentário...e assim com pessoas como voce que vamos despertando a consciência para uma alimentação mais saudável....Parabens e sucesso para sua empresa! Abs, Silvia

    ResponderExcluir