quinta-feira, 19 de maio de 2011

Encontro de culturas em Paranapiacaba, 22 de maio

Quem gosta de conhecer melhor a nossa cultura, e quer comer algum prato de origem indigena ou dançar uma dança cigana, não perca esta grande oportunidade de visitar Paranapiacaba, em Santo André, o dia domingo 22 de maio. Segue o convite da prefeitura de Santo André deste grande evento.



Santo André tem programação para comemorar o dia do Indio


Paranapiacaba, em tupi-guarani quer dizer "lugar de onde se vê o mar". A cidade de Santo André, assim como todo o ABC paulista, sempre teve e ainda tem papel importante na história do Estado de São Paulo. No caso da história dos índios não foi diferente.
Por aqui passaram vários líderes indígenas e a região participou ativamente da Confederação dos Tamoios, onde com suas trilhas e caminhos, ajudaram a fundar cidades como Bertioga e traçados como o Caminho Velho do Mar e a Rodovia Mogi-Bertioga. O que poucos sabem é que eles ainda vivem em zonas urbanas, como Santo André.


No dia 22 de maio, das 10 às 17 horas, na Vila de Paranapiacaba, acontecerá o encontro das culturas cigana e indígena para refletir a diversidade e reflexos da identidade destes povos, além mostrar ao público um pouco das tradições de ambas. Haverá no local exposição de roupas e imagens, museu itinerante, bijuterias, atividades místicas, como leitura de mão e tarô e muitos acessórios da cultura cigana. Também estará presente a vasta culinária indígena, aliada ao canto e à dança, o artesanato e outros rituais. A marca deste evento é que não importa o idioma falado, seja ele romani, tupi-guarani ou português, mas todos estarão falando a linguagem de igualdade entre os povos.






Encontro das culturas indígena e cigana em Paranapiacaba
Data:
22 de maio, das 10h às 17h
Local: Vila de Paranapiacaba
Programação
10h -Abertura (Clube Lyra Serrano)
10h30 -Momento de canto e dança com a etnia Wassul Cocal
10h40 -Apresentação de dança cigana com grupo Espírito Gitano
10h50 -Feira de artesanato e objetos das culturas indígena e cigana (Antigo Mercado)
11h20 -Danças ciganas no Coreto
11h50- Mostra de Culinária -Ritual do Moitará (Antigo Mercado)
12h10 - Oficina de contos e mitos e pintura corporal (Clube Lyra Serrano)
12h40 -1º Encontro de Indígenas Vivendo em Cidades -Cultura Indígena e Políticas Públicas com a participação das etinias Pankará, Pankararu, Pankararé, Fulni-ô, Kaimbé, Terena, Wassu Cocal, Pataxó, Xavante e Ura (Clube Lyra Serrano)
13h30 -2º Encontro de Cultura Cigana e Políticas Públicas com oficina de vídeo e debate de lideranças ciganas (Clube Lyra Serrano)
14h20 -Peça Teatral -Visão da Cultura Indígena com Grupo Dandara de 3ª idade (Clube Lyra Serrano)
14h50 - Momento de canto e dança com Etnia Kaimbé (Coreto)
15h15 -Apresentação de dança cigana (Coreto)
16h -Banda cigana (Clube Lyra Serrano) -encerramento



Mais informação: http://www.jusbrasil.com.br/politica/6872756/santo-andre-tem-programacao-para-comemorar-o-dia-do-indio

Namaste!

domingo, 15 de maio de 2011

Como estou me alimentando?

Faz um tempinho que não actualizo o blog, peço desculpas e mais uma vez, tenho a esperança de fazer post mais curtos, porem, mais frequentes. Agradeço a visita de quem está interessado numa alimentação melhor e numa forma diferente de ver as atitudes que normalmente temos com respeito a comida.




Falando ao celular, escutando as noticias da televisão, olhando as crianças se estão comendo direito e ainda tomando um café e comendo um pãozinho com manteiga....será que essa pessoa consegue engolir ou ter consciência do que ela está comendo?






Muitas vezes estamos na correria morrendo de fome e colocamos qualquer coisa na boca em qualquer lugar, na rua, no parque, no metrô, etc......mais isso e correto? isso está bem?


Gostaria de com partilhar o que nos dizem os antigos rishis (sábios da India) do Ayurveda, ao respeito de como devemos preparar os alimentos e consumir eles. Como é de supor, muitas famílias não fazem mais isso, mais foi uma costume muito antiga e que até os dias de hoje, muitas poucas pessoas ou famílias, ainda fazem.

PREPARAÇÃO DO ALIMENTO: Deve ser feito com alegria e amor na atmosfera, na preparação não tocar ou cheirar a comida, porque senão vamos diluir a essência que nela contem e que é especial para nossa vitalidade e saúde depois de alimentarmos.



ANTES DE COMER: Oferecer o alimento a Deus, que foi o responsável pela criação dele. Depois oferecer o alimento a uma Vaca, porque ela dá leite e manteiga para nutrir o corpo, se ela é feliz com teu alimento, ela vai benzer você e dará mais leite com alegria. Logo em seguida oferecer o alimento a um cachorro, por ser obediente e fiel a você. Depois oferecer alimento aos pássaros, porque eles dão alegria e musica e ajudam de muitas formas a natureza e se eles estão contentes eles farão um melhor trabalho, com mais amor e alegria. Também oferecer uma alimento a um mendigo, vizinho ou Sadu( homens santos que vivem sem dinheiro e somente peregrinando na Índia), se você da alimento para eles, eles vão benzer tua casa e tua vida e assim a felicidade estará sempre com você.



E por ultimo, antes de comer, rezar de forma meditativa e oferecer o alimento a parentes e amigos, inclusive aqueles que já tenham partido deste mundo.






Sei que na sociedade de hoje, fazer isto e praticamente impossível, mais podemos começar pelo menos agradecendo por 1 minuto, o alimento que está na nossa frente, já seja as pessoas que prepararam, o as pessoas que o venderam, o simplesmente a terra que foi quem o criou...e assim, passaremos a ter mais Consciência na nossa alimentação, e com certeza o corpo e o espíritu ficaram mais felizes e livres de tanta doença digestiva que muitas vezes aparece pela forma errada de nos alimentar.


Que o amor, a paz e a consciência sempre acompanhem vocês na hora de sua alimentação.


Namaste!